Pç. Cônego Maurício Gaspar, nº 204, Centro, Bocaiuva - MG
(38) 3251-2546
pascom@senhordobonfim.net

pastoral-catequetica-titutlo

A missão da Catequese é fazer ecoar a Palavra de Deus. A catequese está presente em todas as idades e deve ser uma trajetória contínua de educação na fé. A Catequese não se limita a preparar para a celebração dos sacramentos. Ela leva a uma iniciação na experiência religiosa e na oração. Leva também ao crescimento da Igreja. A igreja do amanhã depende da catequese de hoje. A Catequese é tarefa de toda a comunidade, não apenas de alguns, mas de todos os batizados.
A Catequese deve despertar a alegria de ser cristão. Por isso, a catequese deve preocupar-se continuamente não só em levar conhecimento dos mistérios da fé, mas também abrir os corações à conversão e à adesão. A catequese de primeira Eucaristia introduz a criança e o pré-adolescente na vida da Igreja, compreendendo também uma preparação para a celebração dos sacramentos, apresentando os mistérios principais da fé e comunicando aos jovens a alegria de serem testemunhas de Cristo no meio em que vivem. Pensamos que a catequese não pode ignorar o delicado período de vida que crianças e pré-adolescentes atravessam no mundo atual. Portanto, ela deve ser capaz de ajudá-los a uma revisão de sua própria vida, ao diálogo, apresentando Jesus Cristo como amigo, como guia e como modelo, suscetível de provocar admiração e, como consequência, a sua imitação.
O catequista também deve ter uma formação permanente. Todos somos alunos e discípulos da vida e da fé desde a infância até a terceira idade. O catequista cresce na fé à medida que, inserido no grupo de catequistas, vai ajudando os outros a progredirem na fé. Os apóstolos cresceram na fé seguindo Jesus e evangelizando como Ele. Também o catequista, ao evangelizar, é evangelizado; enquanto dá, recebe; enquanto faz os outros caminharem na fé, dá largos passos no crescimento da própria fé.
Ser catequista é acolher, com amor e dedicação, uma vocação - missão de fundamental importância, pois quem responde SIM a essa vocação se coloca à disposição para ajudar os que já seguem Jesus a serem discípulos mais conscientes, coerentes, maduros e generosos.
Ser catequista é colaborar com a graça de Deus e com a pessoa, para que ela assuma seu sim a Deus, e avance rumo à maturidade na fé, na esperança e no amor.